A PERUA MAVERICK SOUZA RAMOS | 14 Bis Miniaturas

A PERUA MAVERICK SOUZA RAMOS

Publicado: 23/06/2019

 A história da rara perua Maverick fabricada no Brasil pela concessionária Ford Souza Ramos


Quando pensamos em carros transformados da década de 70 e 80, logo vem a nossa mente as picapes transformadas da linha Ford e GM. Picapes cabine simples transformadas em cabines duplas com muito luxo. Lembramos de marcas como Brasinca, Sulam, Engerauto, Demec e Souza Ramos entre dezenas de outras marcas da época.

Mas nem só de picapes transformadas o mercado era alimentado, mesmo sendo as picapes de luxo o carro chefe, o mercado também disponibilizava opções de carros de passeio transformados.

Um grande exemplo deste mercado de carros de passeio foi a perua Maverick que era feita pela concessionária Ford Souza Ramos localizada na cidade de São Paulo.


fonte: Quatro Rodas

Diante do lançamento da  Caravan em  1975 a Souza Ramos imaginou um nicho de mercado para uma perua derivada do Maverick, consequência obvia já que seus “irmãos mais velhos”, o Opala e Maverick eram concorrentes diretos, então seria uma boa estratégia ter uma perua derivada do Maverick  para concorrer com a Caravan.

Curioso neste caso é que nos Estados Unidos nunca havia sido produzido uma perua derivada do Maverick, assim como no Brasil os americanos tiveram apenas Maverick duas e quatro portas.

A Souza Ramos iniciou a confecção de alguns protótipos antes de 1976, a transformação consistia em usar como base um Maverick 4 portas, retirar a tampa traseira e retrabalhar  a coluna”C”.

Daí então era aumentado para trás o teto, era criado uma coluna “D” e criado uma  tampa traseira que era de fibra de vidro.

Os principais motivos para a escolha do Maverick 4 portas para ser usado como base foi o maior entre eixos e tamanho total, enquanto o Maverick 2 portas tinha 2,61 de entre eixos o Maverick 4 portas tinha 2,79 de entre eixos e o tamanho total do Maverick 2 portas era 4,58 enquanto o Maverick 4 portas era de 4,73.

O Maverick 2 portas possuía uma característica muito diferente considerado um muscle car e o Maverick 4 portas um carro sedan familiar.

Com estas características tão extintas nada mais correto do que a escolha pelo Maverick 4 portas para servir de base para a Perua Maverick.

Comparativo de dimensões entre Maverick 2 portas X Maverick 4 portas / perua Maverick


Um grande diferencial desta perua eram as 4 portas, seus concorrentes eram todos com 2 portas (Caravan, Belina e Variant) e tinha o maior porta-malas com 880 litros enquanto o da Caravan tinha 774 litros.

Para a transformação o cliente poderia adquirir um Maverick 4 portas 0KM ou levar um usado que a Souza Ramos fazia a transformação.

O preço da transformação era aproximadamente metade do preço de um Maverick 4 portas 0KM.

Por se tratar de uma perua derivada do Maverick 4 portas, a perua tinha a alavanca do cambio na coluna e banco dianteiro inteiriço resultando em espaço para 6 pessoas.
A perua Maverick foi fabricada aproximadamente entre 1976 e 1978. Não se tem ao certo o número exato de unidades fabricadas, estima-se algo próximo a 100 unidades  fabricadas.

Pelo alto custo da transformação não houve muita procura por este modelo de perua.
Uma outra possível razão para a diminuição dos interessados foi o lançamento da Belina II em 1978 que ficou mais encorpada e com porta malas maior que seu modelo anterior.

Por fim a perua Maverick é mais um dos exemplos da capacidade produtiva que as empresas possuíam, oferecendo ao mercado Brasileiro  soluções para um mercado carente de veículos de luxo e fechado para importações que perdurou até o início da  década de 90 com a abertura das importações pelo governo Collor de Mello. 

Edson Stanquini
São Paulo – SP

Sobre Edson Stanquini

Projetista do Produto
Gosta muito de antigomobilismo, da história da indústria automobilística no Brasil e do mundo retrô. Possui uma empresa chamada 14 Bis Miniaturas  onde comercializa miniaturas de carros antigos, canecas e objetos para decoração.

Visite nosso site: www.14bisminiaturas.com.br
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/14bisminiaturas





Voltar